Páginas de Luz    (A Vida e as Cores)
As cores da Aura
por Narcí Castro de Souza

 

Como prometemos no último encontro, hoje falaremos sobre as cores na aura.

Vamos primeiramente entender que tipo de matéria forma a aura. Todos os planos possuem sete graus de densidade: sólidos, líquido, gasoso, etérico , superetérico, subatômico e atômico. Os três primeiros formam a parte mais densa de nossa natureza, os quatro últimos a parte mais sutil. São justamente estes quatro últimos que formam a aura, por serem constituídos de matéria muito diáfana, ultrapassam a superfície do corpo formando então a aura.

A aura do corpo físico é aura que pode ser fotografada pela máquina Kirlian. Ela revela o estado de saúde e pode inclusive mostrar algumas enfermidades que estejam prestes a eclodir no corpo denso ou que já se instalaram. Quando a pessoa goza de boa saúde essa aura é constituída de linhas regulares e firmes; em caso de enfermidade, tornam-se irregulares ao redor do corpo, entrecruzando-se na mais completa desordem, ou curvando-se para baixo como resultado da fraca energia irradiada.

A aura emocional não pode ser fotografada pela máquina Kirlian , embora possam as cores resultantes da emoção, quando são muito potentes, refletirem-se na aura físico etérica. A aura do corpo emocional reflete as cores da emoção que estejamos vivenciando. Estas cores pode interferir de forma positiva ou negativa sobre nossa estrutura física etérica. Por exemplo: ao sentirmos amor, imediatamente surge em nossa aura uma vibração rósea. Quanto mais intenso este sentimento, mais ampla e abrangente é a cor que expressa esta emoção. Como a cor rósea é a que tonifica o sistema nervoso, ao amarmos, este sistema estará constantemente favorecido. A corrente de prana róseo é o veículo transportador de todas as outras cores. Conclui-se então que, além do sistema nervoso, todo o copo físico é altamente beneficiado pelo sentimento do amor. A pessoa que ama é uma bênção para todos os que a rodeiam, pois a aura rósea traz sensação de bem estar e vitalidade aos que lhe estão próximos.

A tristeza provoca nuvens de cor cinza em torno de quem a sente. O cinza é altamente desvitalizante. Faz cair o tônus vital, deprimindo o sistema imunológico e abre as portas às infecções. Por ser uma emoção contagiante, traz mal estar e esgotamento às pessoas que estejam ao alcance dessa aura.

O amarelo é a cor que é irradiada na aura emocional em conseqüência da alegria e dos interesses intelectuais. Tem o poder de estimular a função de todos os órgãos, causando bem-estar e boa disposição. Clareia a mente, beneficia o raciocínio, além de despertar e animar.

O vermelho-alaranjado é a cor da sexualidade, do entusiasmo, da disposição de liderar, de combater, de alcançar metas. As pessoas vivazes, energéticas, empreendedoras, líderes, apresentam essa cor em suas auras.

Um vermelho escuro agressivo surge na aura nos momentos de raiva, de ira e é muito prejudicial, pois eleva a pressão sanguínea e a temperatura, podendo causar derrames e apoplexias. Prejudica, principalmente, as pessoas frágeis, idosas e crianças que estejam expostas à agressão da aura da pessoa intemperante, além, é claro, do agente em questão.

O azul é a cor resultante de uma prece ou atitude devocional. Tranqüiliza a respiração, tonifica o sistema respiratório, inspira pensamentos elevados, trazendo paz, equilíbrio e bem-estar.

O verde-limão traduz a pessoa generosa, que constantemente procura auxiliar as outras.

O verde-esmeralda é a cor do terapeuta, do médico.

O verde, de um modo geral, quando límpido, traduz a personalidade admirada e reconhecida pelos seus dons altruísticos. Revela uma pessoa que sabe o que quer e persegue suas metas com destaque sobre os demais.

Conhecendo o efeito das cores nas auras, em decorrência de sentimentos, podemos entender porque certas pessoas nos agradam provocam mal-estar, independentemente de sua aparência física.isso se deve ao impacto que essas auras causam nas nossas. Sendo harmoniosas, nos fazem bem e, quando agressivas, nos incomodam e podem até nos prejudicar. Se você se interessar por mais esclarecimentos sobre esse tema leia o livro: Guia Terapêutico – Manual de Radiestesia, Cromoterapia e Terapia com Cristais de nossa autoria.

Na próxima coluna iremos começar a desenvolver um outro tema que acredito será oportuno. Até lá, e muito amor para todos vocês.    


Perguntas Respondidas