Sabedoria universal    (Rosa Cruz)
Código Rosa Cruz de Vida
por Franklin de Mattos

1. Ao levantar-se, pela manhã, comece o dia com uma prece de agradecimento a Deus pela volta da consciência; pelas oportunidades que esta lhe proporcionará para a continuação do Grande Trabalho e da Missão de sua vida.
Coloque-se de frente para o Leste geográfico, inspire ar fresco em sete respirações profundas, exalando-o vagorosamente com a mente concentrada na vitalidade que penetra cada parte do copor para despertar os centros psíquicos.
Tome, a seguir, o seu banho, e beba um copo de água fria antes de se alimentar.

2. Ao se recolher, e após haver realizado todos os experimentos psíquicos programados para a noite ou um trabalho psíquico especial, dê agradecimentos a Deus pelo dia e pelos frutos colhidos; peça às Hostes Cósmicas que aceitem seus serviços psíquicos enquanto dorme, que usem a sua consciência na forma em que o desejarem, e que, se for da vontade de Deus e dos Mestres, viva um outro dia na Terra; que Assim Seja! Em seguido, com pensamentos de amor por todos os seres huimanos, feche os olhos e adormeça visualizando o seu Eu interior na consciência de Deus.

3. Antes de cada refeição, lave as mãos e coloque as palmas para baixo sobre o prato com alimento, por uma fração de minuto; peça então, mentalmente, que a bemnção de Deus se comunique ao aloimento que vai ingerir, para que seja ele magnetizado com as radiações espirituais que se desprendem de suas mãos, suprindo assim grandemente as necessidades do corpo. Em seguida, antes de levar à boca a primeira porção diga, mentalmente: Que todos aqueles que necessitam de alimento partilhem comigo aquilo que possuo, e que Deus me indique a maneira pela qual poderei distribuir a outros aquilo que eles não possuem".

4. Antes de aceitar qualquer bem do mundo material (conseguido por meio de dinheiro, trabalho, ou troca, ou recebido como presente) diga, mentalmente: "Por privilégio de Deus recebo isto pedindo que melhor me possa auxiliar a cumprir a minha missão na vida". Isto se aplica mesmo às coisas como: Vestuário, objetos pessoais, momentos de prazer em teatros, na igreja, em concertos, etc., ou ainda no caso de coisas insignificantes como livros, material de leitura instrutiva, etc., incluindo naturalmente, o recebimento de dinheiro como salário, comissões, presente , ou de qualquer outra maneira.

5. Toda vez que receber uma graça especial como, por exemplo, coisas de qualquer espécie do mundo material há muito desejadas, pequenas ou grandes dádivas, ou um inesperado ato de bondade, não faça uso ou aplicação em seu próprio benefício antes de se ter recolhido ao silêncio, durante alguns minutos para meditar e formular esta pergunta: "Mereci verdadeirametne esta graça, e há alguma maneira em que possa repartir o benfício pela mesma proporcionado, direta ou indiretamente com outros, ou para beneficiar o Ser Humano?" Aguarde, então, uma resposta do Cósmico. Se não receber no sentido de que o benefício é imerecido, qe deve ser repartido ou transferido para uma outra pessoa, diga em seguida: "Agradeço a Deus, ao Cósmico, e aos Mestres, esta graça: que eu dela me sirva para glória de minha alma".

6. Se lhe for concedida alguma honraria, militar, governamental, pública, social ou outra qualquer, procesa sempre com a maior humildade, manifeste o seu demérito (pois quem realmente merece todas as coisas?), e, com a resoluição mental de que ela não o tornará orgulhoso ou egoísta aceite a graça com uma prece de agradecimento afirmando que a recebe em nome daqueles a quem, melhor possa ela beneficiar.

7. Se, ao servir de testemunha em uma Corte ou qualquer outro lugar, for solicitado prestar juramento, jurar ou prometer sobre algum livro ou emblema sagrado, tenha em mente que não há símbolo ou emblema que lhe seja mais sagrado ou divino que a Rosa-Cruz. (Na maioria das Cortes do mundo, a escolha individual desse símbolo sagrada, para tal finalidade, é permitida). Diga, então, que como Rosacruz prefere fazer sua afirmnação diante do Sinal da Cruz", e faça o Sinal (conforme descrita nas instruções da Ordem). Após fazer o Sinal, preste sua declaração e lembre-se de que se afirmar, nessa ocasião conscientemente, uma inverdade, criará uma condição Cármica que jamais poderá desaparecer exceto pela compensação de acordo com a Lei de Compensação.

8. Nunca permita ser envolvido em discussões quanto às crenças religiosas de outras pessoas, a não ser para ponderar sobre a solidez, a excelência, ou os possíveis benefícios de certas doutrinas, provando-lhes dessa maneira, o Bem que existe em todas as religiões.
Jamais considere os seus pensamentos religiosos como superiores. Faça boa referência a respeito deles, se necesário mencione como eles o auxiliam, porém não crie em emente de outrosa impressão de que eles estão em pecado ou erro devido às suas crenças.
A religião que é melhor para cada qual é a que permite a compreensão de Deus e dos misteioros desígnios de Deus.

9. Seja tolerante em todas as questões, e tenha em mente que a crítica destrutiva nada cria senão infelixidade. A menos que possa construtivamente comentar sobre qualquer assuno, abstenha-se de falar.

10. Não tente reformas direta na vida de outros. Descubra, em si mesmo, aquilo que necessita de correção e aperfeiço-se para que, pela Luz de sua Vida, possa indicar a Senda a outros.

11. Não faça alarde suas realizações, nem se orgulhe de seu conhecimento Rosacruz. Poderá ser Rosacruz como Membro da fraternidade, porém como Rosacruz em conhecimento e poder o maior e o mais destacado entre nós é apenas um iniciante dos estudos e indigno do título Rosacruz. Evidencie-se, não como Mestre, mas como estudanter Rosacruz, sempre estudante, eternamente.

12. Procure repartir diariamente auilo que lhe for supérfluo, mesmo de maneira modesta e em pequenas importâncias. Procure descobrir onde aquilo que possa dar ou fazer tornar-se-á uma graça para uma ou mais pessoas e, ao realizar esse dever, evite toda a glória pessoal e torne conhecido o fato de que está apenas "realizando o trabalo do Mestre".

13. Não aceite agradecimento por qualquer benefício que possa prestar, qualquer presente que possa dar, ou qualquer auxílio que venha a propiciar. Qquando forem expressados "agradecimentos", é costumeiro dizer: "Por favor, não me agradeça pois que está grato sou eu. Procuro, e devo procurar, trabalhar para os Mestres; essa oportunidade eu a tive por seu intermédio. Agora, porém compete-lhe a obrigação de passar o favor para diante; espero que encontre também a oportunidade para ervir a alguém", ou outras palavras que traduzam a mesma intenção.

14. Não aceite recompensa de natureza material por qualquer benefício que faça, a menos que delibere, no momento de aceitá-la e assim informe ao doador, que dividirá o que recebe com alguém que possa aproveitar o benefício e auxílio que a recompensa poderá proporcionar. Isto é absolutamente essencial quando a oferta material é de tal natureza, como dinheiro, alimentos, vestuário, etc., que pode ser dividida e é absolutamente necessária a muitas pessoas.

15. Tenha em mente que através da Ordem Rosacruz há sempre oportunidade para auxiliar a muitas pessoas e que, com elas partilhando as facilidades que dispuzer, transfere a outros irmãois e irmãs da Ordem necessidades as graças que recebe talvez como depositário do Cósmico.

16. Assim como deres, assim receberás! A medida que cada oportunidade de dar for aproveitada com a maior impulsividade, ser-lhe-ão concedidas pelo Cósmico as futuras bençãos. Quanto maior a impulsividade, sem se importar com os sacrifícios pessoais, tanto será a compensação creditada no Cósmico .

17. Não deixe de mencionar a alguém, todos os dias, o trabalho dos Mestres por intermédio do portal da Ordem Rosa e da Cruz. Cada dia, torne alguém mais familiarizado com o seu Grande Trabalho, nem sempre importunando, nem sempre pregando, porém pela simples afirmação dos fatos, demonstrações simples, e palavra amiga de orientação.

18. Respeite tidas as mulheres, honre seu pai e sua mãe, seja tolerante para com o pecador, útil aos necessitados, e serviçal aos Mestres. A razão de serem o Mestre de uma Loja, o Mestre Supremo, e o Imprator, os maiores, é a de se tornarem os maiores servos.

19. Providencie agora, enquanto a consciência pode ajudá-lo, o amparo daqueles que poderão se tornar dependentes após sua transição e, se não tiver alguém que necesite de uma parte dos seus bens materiais após sua transição, ou se possuir mais do que o necessário para ampará-los, determine transferir em forma legal e própria, uma parte de seus bens terrenos para o corpo superior da Ordem Rosacruz, Antiga e Mística Ordem Rosacrucis - AMORC - Grande Loja do Brasil para que possa ela ser auxiliada no trabalho que está realizando em benefício de outros.

20. Vá em auxílio de qualquer Ser Humano, a despeito de raça, credo ou cor, sempre que puder prestar assistência direta ou indireta em uma emergência; se não puder ajudar a uma pessoa, porém estiver em condições de procurar ou solicitar auxílio, isto também é imperativo ; realize seu trabalho com paciência e calma, preste seus serviços, e retire-se com o mínimo de reconhecimento possível.

21. Escolha uma parte de seu lar que possa santificar para seu estudo e para a Ordem, e nela procure encontrar Paz e tempo para meditação, diariamente. Não profane esse recinto com os prazeres da carne, santificando-o porém com os seus pensamentos mais sublimes.

22. Dê o seu apoio, moral ou físicom, a alguma igreja da sua comunidade para que ela possa contar com a sua assistência para prosseguir no grande trabalho que objetiva.

23. Não aceite cargo político sem, devida e convenientemente, notificar a todos aqueles que patrocinem ou apoiem sua vitória, quanto aos seus pontos de vista e princípios para com a humanidade em geral, para que eles não esperem ou contem com a sua submissão a princípios de categoria inferior.

24. Não julgue, a menos que se encontre em posição tal que aqueles que tenham de ser julgados venham, legal e formalmente, à sua presença como servidor acreditado do povo, então, com compaixão, ouça com clemência, compreenda com tolerância, julgue, e com amor seja razoável pois a Lei de Compensação fará exigências adequadas e o Deus de todos é o único juiz verdadeiramente competente de todos os fatos.

25. Não repita calúnicas, não conte escândalos, e não endosse relatos que prejudiquem ou condenem, a menos que sejam acompanhados, pelo menos, do mesmo grau de críticas e comentários construtivos, e somente depois de ter completamente investigado e comprovado todos os fatos.

26. Procure o lado bom de todas as coisas e faça elogio público do que descobrir. Não leve em conta o caráter mutante do Eu exterior, mas descubra o verdadeiro Eu, no interior. Aprenda a conhecer todos os seres e amá-los.

27. Não especule com o destino de uma outra pessoa que, por ignorância, poderá ser privada e despojada daquilo que lhe der lucro.

28. Evite todo o excesso em pensamentos e ação; seja comedido em todos os desejos e domine as paixões em todos os sentidos.

29. Não tente mudanças radicais ou súbitas no esquema natural das coisas; lembre-se da injunção Rosacruz: Não é pela mudança radical e sim pela evoluçãom que todas as coisas são realizadas com caráter permanente.

30. Considere sagrados e acima de toda a crítica os ideais Rosacruzes; não permita que a calúnia afete o bom nome de sua Ordem; viva uma vida que prove a solidez de seus princípios, e esteja alerta para defender o símbolo da Rosa-Cruz com a pujança de sua vida e a lua de seu Ser.


Perguntas Respondidas
Assunto: Rosa Cruz Data : 03/07/2007
Pergunta:

Gostaria de saber mais sobre a Rosa Cruz, tenho interesse emler sobre o assunto, sou sinpatizante. Qual o site que posso pesquizar arespeito da ordem?

Resposta:

Prezada Diana,

suas dúvidas podem ser esclarecidas consultando o sítio www.amorc.org.br

Nele poderá baixar o livreto "Domínio da Vida" que explica as finalidades da Ordem Rosacruz e o "IV Manifesto" que

aborda temas científicos e filosóficos sobre a atualidade.