Compartilhando    (Manvantara)
Reflexão 5
por Ilda Castro

Eu Sou...
Sou a terra e o mar.
Sou floresta e ar.
Sou fogo e aço.
Estrela vermelha, estrela azul.
Sou partícula mínima no Espaço.
Sou céu claro e noite negra;
Sou o Norte e sou o Sul.
Sou a velhice e a mocidade.
Sou o preto e sou o branco ?
personalidade e individualidade.
Sou um mundo de contrastes.
Vício e virtude, noite e dia.
Ante tantos paradoxos, quedo-me mudo
ao perceber que o tudo sou eu
e Eu sou... o Tudo.

Minha alma
é filha do mundo
e, como tal,
não tem início, nem final ?
mas sente-se gota
em meio ao mar.
É com o todo. É o todo ?
mas é única, singular.
Safada, moleque, colorida ?
em toda nuance, ama e saúda a vida.
Séria, madura, experiente,
sente todas as dores que o mundo sente.
Alegre, amiga, consciente ?
canta, não fere, não mente.
Minha alma, tão criança,
é leve, livre e solta como o ar.
É desmemoriada, sem lembrança;
não permite ser presa, contida.
Já viu alguém prender, o vento conter?
Assim,
redemoinhando pela vida,
fazendo amigos, acarinhando,
tentando o passo acertar,
ela corre pela estrada ? querendo voar ?
Cambalhotando
? brisa, vento, furacão ?
leva o meu coração
? coração-ninho ?
para aconchegar
todos os que andam pelo caminho.

Renascer!...
Mas, para renascer, é preciso enfrentar a morte?
Não, nada disso! Para nossa sorte,
basta que, a cada novo amanhecer,
se renove nosso ser, nosso interior,
Que idéias preconcebidas
sejam reconhecidas como totalmente descabidas.
Que todas as cristalizações
sejam, dia-a-dia, desmanchadas em nossos corações.
Que nossa mente
? ah, essa teimosa, inconseqüente! ?
seja como um céu sem nuvens ? céu aberto ?
a tudo o que for um bem, o certo.
Renascimento...
Tão fácil e tão difícil de realizar.
Mesmo que retiremos nossas máscaras,
uma a uma,
é um processo doloroso.
Renascimento...
Tão esperado momento,
mas que pode acontecer a cada segundo,
em qualquer parte deste ou de outro mundo.
Renascer...
Tão simples acordar o Cristo
que é em cada ser.
Permitir que se espreguice
e comece a crescer.
Reconhecer Deus, o Pai,
no ar, no sol, na terra, no fogo,
na água ? na vida.
Saber que Ele é em nós;
que nada supera Seu amor,
nem apaga a Sua voz.
Renascer! Agradecer sempre.
Obrigada, Senhor, meu Pai, meu Amigo,
por seres em mim, comigo.


Perguntas Respondidas