Páginas de Luz    (A Verdade e os Oito Passos para a Felicidade)
Capítulo 2 - As quatro nobres verdades
por Narcí Castro de Souza

- Tristeza e Sofrimento - A Causa da Tristeza - A Cessação da Tristeza - O Caminho que Conduz à Cessação da Tristeza

Ao chegarem às aldeias, o povo acorria respeitoso para ouvir as lições de Gautama :

"A vida na Terra é eivada de dor e sofrimento. Esta é a primeira das quatro nobres verdades: "Tristeza e Sofrimento".

"A Causa da Tristeza" é a segunda nobre verdade: Ninguém tem o poder de deter a marcha do tempo. É inexorável o corpo envelhecer, perder o viço , enfraquecer e, muitas vezes, adoecer. Isto é causa de dor e sofrimento para quem centraliza na juventude e na saúde a causa de sua felicidade.
Não podemos reter indefinidamente, junto a nós, as pessoas que amamos, nem garantir a reciprocidade do amor das mesmas. Quando alguém parte , seja por ter deixado de nos amar , por desencarne ou por outra qualquer razão, é inevitável o sofrimento para aqueles que pensam que a felicidade está na imutabilidade das relações e na presença física do ser amado.
Ninguém pode prever as reviravoltas que a vida dá, nem as mudanças que ocasionam perdas de prestígio e fortuna. Nada no mundo material é estável. Quando alguém perde a fortuna que acumulou, quando alguém sofre as perdas ocasionadas pela desonestidade de seus parceiros e vê esvair de suas mãos o que julgava sólido e estável, quando o prestígio social é abalado por razões que fogem ao seu controle, a dor daí resultante o abate e deprime."

- Então fomos condenados por Brahma a nascer neste mundo para sermos infelizes? - perguntou alguém dentre a multidão que o ouvia.

- Sabemos que a infelicidade e a felicidade nós mesmos as construímos através de nossas ações . É a lei do carma - aparteou outro.

- Mesmo aquele que conhece esta verdade não está isento de sofrer - esclareceu o Bhagavan - se não conhecer a verdade que lhe permitirá cessar a tristeza. Esta é a terceira nobre verdade: " A Cessação da Tristeza".

- Príncipe Gautama, como alcançar esta verdade? Teremos, como o Príncipe, que deixar nossos afazeres e família, para, dedicando nosso tempo à meditação, a encontrarmos? - perguntou outro.

- Diante de vocês não está mais o Príncipe, quem lhes fala é o Ser que subjaz em todos. Sou a fonte da Verdade e da Vida, sou o que não teve princípio nem terá fim.
Ao homem comum não se lhe exige que dê um passo para o qual ainda não se encontra preparado. Não se exige que abandone seus afazeres, nem sua família. À humanidade comum, se orienta, que escolha o caminho do meio, procurando pautar sua vida com comedimento e bom senso, que cumpra seus deveres e faça ao próximo o que deseja que o próximo lhe faça.
Porém, quero facilitar o encontro, por todos, ainda nesta vida, do caminho que lhes permitirá alcançar a felicidade. São oito passos que devem ser dados. Prestem atenção, dando cada passo com firmeza e vontade, certamente receberão como recompensa o encontro da felicidade. Esta é a quarta nobre verdade : O Caminho que Conduz à Cessação da Tristeza

Um silêncio reverente se seguiu à palavra do Buda. Não houve mais apartes, nem indagações . Na fisionomia de todos que ali se encontravam, um lampejo de esperança iluminou o olhar.


Perguntas Respondidas