Páginas de Luz    (A Vida e as Cores)
As cores e a Psique
por Narcí Castro de Souza

 

Já vimos que amor, alegria e orações auxiliam nossa saúde e conseqüentemente nossa felicidade, Hoje apresentamos um quadro geral da aplicação das diversas cores e o que pode nos revelar a preferência ou rejeição de certas cores.

APLICAÇÃO DAS CORES
As cores podem ser:
- Estimulantes: vermelho, alaranjado e amarelo. Apresentam contra-indicações já vistas na coluna anterior.
- Calmantes: índigo, azul e violeta
- Equilibrantes: verde.


Vermelho 
Atua no sistema nervoso autônomo simpático, estimulando - É a cor da atividade física. É altamente excitante, energético e revigorante. É a cor da sensualidade. É utilizado para combater anemia, paralisia, inflamação das articulações, pressão baixa, depressão reumatismo.

Alaranjado
Revigorante , estimula o sistema endócrino de modo geral.

Amarelo
Estimulante das células nervosas do cérebro e na elaboração dos linfócitos T pela glândula timo, promovendo resistência aos ataques de vírus e bactérias nocivos a saúde. É indicado nas cardiopatias e problemas circulatórios, irritação dos brônquios, prisão de ventre, beneficia o fígado, combate a preguiça dos órgãos internos, auxilia a memória. Combate a depressão.

Verde

Refrescante e calmante. Ativa o crescimento das crianças e restabelece o equilíbrio hormonal. Restauradora e estimulante para os órgãos do sistema digestivo e urinário. Combate o diabetes, pressão alta, nevralgias do rosto, da cabeça e dos olhos, a insônia, as idéias fixas, as alucinações.

Azul
Tônica e suavizante – É indicado na insolação, tuberculose, tumores, inflamações de um modo geral. Traz equilíbrio, calma e conforto. Vitaliza todos os órgãos do sistema respiratório e as glândulas tireóide e paratireóides. Combate a insônia. É útil nos acessos de asma.

Índigo
Antiinflamatório geral – Combate as hemorragias, dor de ouvido. as doenças dos olhos. É tranqüilizante e é utilizado em todas as aplicações do vermelho nos casos em que este é contra-indicado.

Violeta
Estimula e ativa o metabolismo do cálcio e atua na formação hormonal, tem ação curadora, antiinflamatória, desinfeccionante, anti-estresse. Combate o câncer e o nervosismo.

As cores e a psique
Você sabia que a preferência ou a rejeição por uma cor podem revelar estados psicológicos? Exemplos:

  • Vermelho – aqueles que têm preferência por esta cor revelam que estão investindo no presente. Lutam para obter sucesso. Promovem e são capazes de promover revoluções. Gostam de viver a vida de forma intensa, plena. São ativos e laboriosos. Quem rejeita o vermelho demonstra que está esgotado, provavelmente se encontra em um estado de superestimulação, à beira de um estresse ou apresentando alguma insuficiência cardíaca (o que deve ser confirmado por uma visita a um cardiologista). Mostra-se facilmente irritável, talvez em conseqüência de extremo cansaço físico ou problemas insolúveis.
  • Alaranjado – As pessoas atraídas por esta cor são cheias de entusiasmo pela vida, idealistas e dinâmicas. São altamente interessadas nos movimentos em favor de mudanças sociais que visam maior justiça e amparo para os desprotegidos. São sensuais e orgulhosas, mas este orgulho surge em decorrência de qualidades positivas conquistadas e não de aquisição de status na sociedade.
  • Amarelo – As pessoas que preferem esta cor têm esperança em um futuro feliz, são trabalhadoras mas um tanto instáveis em suas atividades. Desejam liberdade. São impulsionadas para novas conquistas seja em nível material ou espiritual, são estimuladas a coisas novas pioneiras e criativas. Quando rejeitam o amarelo significa que suas esperanças foram frustradas e elas se acham mergulhadas no vazio, sentindo-se separadas dos demais. Podem apresentar comportamento irascível, desanimado e desconfiado.
  • Verde – A preferência por esta cor denota alguém que gosta de impressionar, de ser notado. Possui firmeza, perseverança e resiste às mudanças. Sente necessidade de que os outros o valorizem. Esforça-se para controlar o próprio destino. É qualificado como reformador, procura melhorar as condições externas da vida. Gosta que suas opiniões prevaleçam e muitas vezes tem tendência a criticar e censurar os outros. É controlado, não se expõe. As pessoas que rejeitam esta cor têm as mesmas características e necessidades, mas se sentem enfraquecidas pela resistência encontrada, diminuídas com a falta de consideração dos outros. Revelam tensão, angústia e denotam provável fraqueza física. Preferir ou rejeitar o verde denota que a pessoa é teimosa e caprichosa.
  • Azul – A preferência a esta cor pode denotar necessidade de repouso e compreensão amorosa. Quem escolhe o azul ou é muito sereno ou precisa de paz. Anseia um mundo justo e íntegro. Pode estar necessitando de descanso físico e mental. Bem, por hoje, ficamos por aqui. Na próxima coluna abordaremos a cor na decoração e nas vestes.

Desejo a todos muita paz, amor e alegria!  


Perguntas Respondidas
Assunto: Cromoterapia Data : 10/09/2009
Pergunta:

Um obsessor, fixado no hemisfério direito do corpo do paciente, na altura do fígado, causando problemas de má digestão, dores de cabeça e coluna, e causando um buraco energético entre o braço e o corpo será tratado como pela cromoterapia?

Resposta:

Em primeiro lugar deve ser feito uma reunião de desobsessão para a a pessoa que está com esse problema, a fim de desconectar o obsessor

Envolver tanto o obsessor quanto o paciente em luz violeta.

Paz e Luz!

Narcí