História
voltar para consulta

Título
O EXCEPCIONAL
Data Publicação
15/11/2001
Texto

O casal Monterrey havia tido três saudáveis filhos, mas quando nasceu o quarto descobriram que era excepcional... A Sra Monterrey não se importava com o fato de seu filho não ter a cabeça no lugar; mas acreditava que sê o levasse com ela à Igreja, não tardaria de Deus o auxiliar...

Todo domingo a família comparecia à Igreja e repetia as orações do padre, mas o excepcional abria a boca e apenas uma frase dela escapava:

- Eu... t-te... amo.... m-meu Deus...

Parecia incrível, mas a frase era repetida incessantemente durante todas as preces. O excepcional passava a ser motivo de vergonha para a família Monterrey:

- Mãe, porque temos que trazer esse retardado para a Igreja. Ele só nos traz vergonha na frente de todos da cidade que vem orar no domingo falou um dos irmãos do excepcional.

- Meu filho, todos tem o direito de louvar a Deus...

- Mas não ele, esse retardado não sabe nem o que fala

E em verdade após alguns outros domingos a mãe finalmente cedeu, e determinou que enquanto a família ia à Igreja o excepcional ficaria aos cuidados da babá, em casa.

Porém, mesmo trancado em seu quarto, todos os domingos no horário das orações na Igreja, o excepcional repetia solitário:

- Eu... t-te... amo.... m-meu Deus...

E por anos foi assim, até o dia que a pobre alma desencarnou vitima de sua doença que o acompanhou desde o berço. E durante o enterro, o mesmo irmão pensou: Que Deus ajude a sua alma tão atrasada, meu retardado irmão...”

Esse irmão foi o último dos Monterrey a sair da Terra; e chegando no céu logo encontrou seus pais e irmãos, mas faltava um.

- Mãe, então meu irmão retardado não conseguiu entrar no céu ? -indagou entristecido.

- Não, muito pelo contrário... Olhe para aquelas montanhas e verás o que nunca admitiu, querido filho.

Ele então olhou para as montanhas que sua mãe apontara e tomou um grande susto: seu irmão retardado era agora um gigante de luz intensa; era tão fascinante que algum desavisado poderia achar que era uma verdadeira entidade ... O gigante então falou, e sua voz parecia ecoar em todo o lugar:

- Vides, meu amado irmão ? Não é preciso repetir em oração toda uma Bíblia. Quando apenas uma frase curta, mas sincera, pode chegar ao Céu bem mais rápido.