História
voltar para consulta

Título
Os Três Filtros
Data Publicação
29/11/2001
Texto

O pai chamou o filho para ajuda-lo na construção dos três filtros, com carvão, para depurar a água da cozinha. Depois fizeram um teste e o pai comentou:

- Veja: a água está limpíssima! O cloro e as impurezas ficaram nos filtros. O que passa por um, fica no outro...

A mãe, que a tudo assistia, interveio:

- Há também três filtros que podemos construir dentro de nós, não de carvão, mas com a VERDADE, a BONDADE e a UTILIDADE. Qualquer dia falaremos sobre isso...

Dias depois o menino voltou da escola e falou à mãe num tom sensacionalista:

- Mãe, sabe o que falaram do pai do Roberto?

- Luisinho: antes que você prossiga, vamos usar os três filtros internos de que lhe falei no outro dia. Comecemos com o filtro da VERDADE: Você está certo de que essa notícia é verdadeira.

- Não... Estou repetindo o que disseram.

- Passemos ao filtro da BONDADE: Mesmo que fosse verdade, você gostaria que falassem isso do seu pai?

- Oh! Não! Eu ficaria muito triste!

- Vamos adiante e usemos o filtro da Necessidade: Você acha útil e necessário passar esta notícia adiante?

- Não, mamãe. Agora compreendo os seus três filtros e procurarei não esquecê-los.