Mensagem
voltar para consulta

Origem
O Evangelho Segundo o Espiritismo
Data Publicação
13/04/2001
Texto

    Chamo homem vicioso a esse amante vulgar, que mais ama o corpo do que a alma. O amor está por toda a parte em a natureza que nos convida ao exercício da nossa inteligência; até no movimento dos astros o encontramos. É o amor que orna a natureza de seus ricos tapetes; ele se enfeita e fixa morada onde se lhe deparem flores e perfumes. É ainda o amor que dá paz aos homens, calma ao mar, silêncio aos ventos e sono à dor. "

(Teoria de Platão sobre o amor universal, como lei da Natureza)